Notícias

Águas Castilho divulga balanço e projeta desafios

A Águas Castilho (SP) publicou um balanço dos serviços realizados na cidade por meio de uma revista que foi entregue aos cidadãos. Foi uma forma de apresentar à população o quanto os serviços de saneamento básico avançaram em qualidade.

Como lembra o gerente geral, Eduardo Gaiotto, a Águas Castilho acaba de cumprir uma meta essencial que era proporcionar à cidade a universalização dos serviços, o que significa 100% de acesso à água e esgoto tratados. “Ainda temos muito trabalho e desafios pela frente. Vamos ampliar a capacidade de tratamento nas Estações de Esgoto ETE 17, que atende 70% da cidade, e a Laranjeiras, que trata os 30% restantes”, afirma.

Já o diretor do comitê Leste da Iguá, Eduardo Caldeira, lembra um dos aspectos mais importantes resultantes dos investimentos realizados até aqui. “Ter saneamento de qualidade em Castilho significa ter um dos mais importantes meios de prevenção de doenças dentre as atividades de saúde pública, já que cada 1 real investido em saneamento básico economiza 4 reais em custos para a área da saúde, segundo especialistas em saúde pública.”

Com a universalização dos serviços, os 17 mil habitantes de Castilho passam a contar com pleno atendimento no que se refere a condições básicas de saúde e bem-estar. Um patamar alcançado graças a uma combinação de investimentos e de gestão consciente, próprios da parceria entre o poder público e a iniciativa privada, que atua na cidade sob a forma de concessão plena.

A revista ainda traz depoimentos de moradores, colaboradores e representantes do poder público.

Para acessar o conteúdo da revista, clique aqui.

Outras Notícias

  1. Sipat nas operações da Iguá

    28 de novembro de 2017