Notícias

Ampliação de estação de tratamento de esgoto em Atibaia beneficia 85 mil moradores da cidade

A Atibaia Saneamento, empresa do Grupo Iguá, responsável pelo esgotamento sanitário no município de Atibaia, realizou nesta quarta-feira, 13, uma visita técnica à obra de ampliação e modernização da Estação de Tratamento de Esgoto, no bairro Estoril.

“Com investimento previsto de R$ 60 milhões, a unidade, que atualmente trata 100 litros por segundo, passará a tratar até 300 litros por segundo de efluentes, resultando em benefícios para o meio ambiente e, principalmente, para a saúde de cerca de 85 mil pessoas", informou o diretor da Atibaia Saneamento, Eduardo Caldeira.

Ao todo, 16 bairros serão contemplados com a ampliação da estação: Vila Giglio, Maristela 1 e 2, Retiro das Fontes, Jardim Paulista, Jardim Floresta, Jardim dos Pinheiros, Morumbi, Itaperi, Flamboyant, Nova Gardênia, Atibaia Jardim, Santa Luzia, Centro, Alvinópolis e Cidade Satélite.

Atualmente, o tratamento do esgoto na ETE Estoril é realizado por meio de bateladas. Com a ampliação e a modernização da unidade, o processo contará com uma nova tecnologia: o efluente será tratado por fluxo contínuo de aeração prolongada, ou seja, pela liberação de oxigênio para decomposição da matéria orgânica. Esse novo método de tratamento trará maior eficiência aos índices de remoção das impurezas e neutralidade de odor, beneficiando toda a cidade, assim como as cidades que fazem parte da Bacia PCJ, ou seja, os municípios que recebem os recursos hidrográficos dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí.

“A obra faz parte do conjunto de investimentos previstos em contrato e tem uma grande importância para que Atibaia caminhe para a universalização do tratamento de esgoto”, destacou o prefeito, Saulo Pedroso.

Para a superintendente da SAAE (Saneamento Ambiental de Atibaia), Fabiane Santiago, esse investimento na área de saneamento representa um benefício significativo para a população. “As melhorias no sistema de esgotamento sanitário são fundamentais para nossa cidade, um passo muito importante para universalização do esgoto que tanto buscamos”.

De acordo com a Atibaia Saneamento, a conclusão da 1ª fase da obra está prevista para junho de 2019. A expectativa é que a ETE Estoril esteja em pleno funcionamento até o primeiro semestre de 2020.

Sobre a Atibaia Saneamento – A Atibaia Saneamento é uma parceria público-privada com duração de 30 anos junto à Saneamento Ambiental de Atibaia (SAAE). Desde 2013, a empresa é responsável pelo sistema de esgotamento sanitário da cidade e atende a 136 mil pessoas, investindo continuamente na expansão do sistema de tratamento de esgoto da cidade com instalação de novas ligações, implantação de redes de coleta, substituição e remanejamento de parte da rede existente, entre outros serviços, com o objetivo de universalizar o acesso da população à coleta e tratamento do esgoto. Faz parte da Iguá Saneamento, companhia que está presente em cinco estados brasileiros através de 18 operações, com o compromisso de ser a melhor empresa de saneamento para o Brasil.

Sobre a Iguá – A Iguá é uma nova companhia de saneamento, controlada pela IG4 Capital, que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas. Atualmente, está presente em cinco estados brasileiros: Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná, por meio de 18 operações, que somadas beneficiam cerca de 6,6 milhões de pessoas. O alcance dos serviços prestados pela companhia a coloca entre os principais operadores privados do setor de saneamento do país. Em 2018, foi eleita pelo segundo ano consecutivo uma ótima empresa para se trabalhar pela consultoria Grate Place to Work (GPTW). Atualmente, emprega cerca de 1,5 mil pessoas. O nome Iguá é uma referência direta ao universo em que atua: em tupi-guarani, “ig” que dizer água.

 

Outras Notícias

  1. Sipat nas operações da Iguá

    28 de novembro de 2017